Tendências 2019

Em meados do mês de março, aconteceu em São Paulo a maior feira da América Latina – Exporevestir – apresentando todas as novidades em acabamentos, revestimentos, louças e metais para construção e decoração, e o que será tendência para o ano de 2019.

Selecionei alguns itens que seguem forte este ano! A maioria já apareceu ano passado ou até mesmo anos anteriores, mas vem se confirmando cada vez mais no segmento de arquitetura e com novas propostas.

    Candy Colors
Os tons suaves de rosa, azul, verde e amarelo estão cada vez mais em alta! É uma alternativa bacana para quem quer investir numa cor sem pesar no ambiente. As cores vem em forma de revestimentos, detalhes, louças… Pode usar sem medo!
Cimentos
Continuam super em alta! Podem ser utilizados em pisos, paredes, detalhes…
Geométricos
Revestimentos em formas geométricas diversas! Principalmente os hexagonais!
Personalização
Muitos revestimentos sugerem uma paginação livre. Você brinca com as peças na montagem da maneira como preferir, sem regras!
Design

Cada vez mais reconhecido, o design ganha força e muitas peças são assinadas por designers de respaldo, como Jader Almeida, Zanini de Zanine… valorizando a marca e o produto.
Tecnologia
Assim como em outras áreas, a tecnologia está cada vez mais presente no setor de arquitetura. Um exemplo é esta cuba lançada pela Deca – Supra Hide – em que o misturador fica embutido sendo possível colocar um sobretampo por cima da cuba quando não utilizada, deixando o ambiente clean, sem cara de cozinha!
Metais
Inúmeros acabamentos disponíveis para os metais de banheiro e cozinha. Para quem tem medo de ousar, que tal aplicar num lavabo? É um ambiente menos utilizado e pode ser diferenciado.

Por que contratar um arquiteto?

Muita gente ainda tem dúvidas em relação à contratar um arquiteto na hora de reformar ou adquirir um imóvel.

Para muitos, o arquiteto ainda é visto como um profissional desnecessário. “coisa de rico”, “consigo fazer sozinho”, “tenho boas ideias, já sei o que quero então não preciso de um profissional”. É aí que você se engana.

Estar certo do que quer é uma coisa. Saber projetar e acompanhar uma obra são coisas bem diferentes. Eu diria que não é um artigo de luxo, e sim uma necessidade! Te explico porque.

Nos meus 10 anos de profissão me deparei com vários cases como este. O cliente me procurou desperado pois iniciou uma reforma e estava sendo algo totalmente desastroso. Depois que você passa pelo perrengue e frustração você valoriza o arquiteto.

Lidar com a mão de obra, coordenar os serviços, escolher os materiais de forma correta e harmônica são coisas que somente um profissional habilitado poderá te ajudar. De início parece simples, mas os serviços estão integrados de tal forma, que se executados de forma errada, causam muito danos.

Um bom profissional irá te orientar em relação ao melhor layout do ambiente, otimização e aproveitamento adequado dos espaços, adequar seu estilo e identidade ao projeto, economia de tempo e dinheiro, orçamentos e coordenação dos serviços, ou seja, planejamento!

Projeto 3D do apartamento acima

Quando as coisas são previamente planejadas, dificilmente você terá grandes surpresas no decorrer do processo. Imprevistos acontecem, porém um bom profissional deve estar apto para te levar a solução, e não o problema. E esta é a minha forma de trabalho. Procuro sempre transmitir as soluções aos meus clientes, afinal de contas ele me contratou para que tenha o projeto ideal e se incomodar o mínimo possível!

Um bom profissional, além do aspecto legal da exigência, irá proporcionar a você economiza de tempo, dinheiro e evitar frustrações, pois os gastos quase sempre assustam e tudo que podemos economizar é muito vantajoso, por isso muita gente abre mão e acaba prejudicando ainda mais o orçamento.